Como sacar o FGTS de contas inativas? Caixa divulga calendário oficial

O tão esperado e controverso calendário de saques do FGTS inativo agora é oficial. Foi divulgado pela própria Caixa na manhã desta terça-feira (14), a partir de uma coletiva de imprensa.

Como já adiantado, os pagamentos serão realizados entre março e julho.

E esse cronograma foi amplamente discutido, conforme o Blog Tributário noticiou no post Casa Civil diz que FGTS inativo será liberado a partir de março.

Os primeiros a se beneficiarem da medida são os nascidos nos meses de janeiro e fevereiro, que poderão procurar as agências entre os dias 10 de março e 9 de abril.

Vale lembrar que somente quem tem contas inativas ATÉ dia 31 de dezembro de 2015 poderão fazer o saque.

Em seguida é a vez de quem nasceu nos meses de março, abril e maio. Os saques serão permitidos entre os dias 10 de abril e 11 de maio.

Já os trabalhadores nascidos nos meses de junho, julho e agosto poderão fazer os saques entre os dias 12 de maio e 15 de junho, enquanto os nascidos em setembro, outubro e novembro entre 16 de junho e 13 de julho.

Por fim, os trabalhadores nascidos em dezembro terão entre os dias 14 e 31 de julho para realizarem o saque.

Para comodidade dos beneficiários e segurança nas informações.
A Caixa criou uma página especial e um serviço telefônico (0800-7262017) para tratar das contas inativas.

A partir desse serviços, com atendimento de forma personalizada, é possível saber o valor, data e local mais convenientes para os saques.

Outra possibilidade aos beneficiários é acessar o aplicativo FGTS em dispositivos móveis.

Reforço

Segundo informações da Agência Brasil, a Caixa vai reforçar o atendimento com a abertura de agências nos primeiros sábados dos cronogramas mensais de pagamento.

Exceto abril, mês que o cronograma de pagamentos coincide com a Semana Santa.

Portanto, as datas de abertura aos sábados serão 18 de fevereiro, 11 de março, 13 de maio, 17 de junho e 15 de julho.

Como sacar o FGTS inativo

São quatro possibilidades:

  • quem tem conta-corrente na Caixa poderá pedir o recebimento do crédito em conta, por meio do site das contas inativas;
  • o saque também pode ser feito em caixas eletrônicos. Para valores de até R$ 1.500, é possível sacar só com a senha do cartão do Cidadão, mesmo que o beneficiário tenha perdido o documento, enquanto para valores de até R$ 3.000, o saque pode ser feito com Cartão do Cidadão e a respectiva senha;
  • A retirada dos valores do FGTS inativo também pode ser feita em agências lotéricas e correspondentes Caixa.
    Neste caso, o beneficiário vai precisar do Cartão do Cidadão, da respectiva senha e de um documento de identificação;
  • Há, ainda, a possibilidade de retirar o dinheiro diretamente nas agências bancárias.
    Os documentos necessários são o número de inscrição do PIS e o documento de identificação do trabalhador.
    É recomendado levar também o comprovante da extinção do vínculo (carteira de trabalho ou Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho).

Independente de como for feito o saque, zelar pela segurança é primordial.

 

 

Fonte: Blog Tributário

Recomendado só para você!
O Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica é superimportante para…
Open chat